blog-image

Gestão Financeira - Contrate quem entende.

 A gestão financeira de um condomínio compreende um fluxograma de atividades sequenciais que inicia com a elaboração e acompanhamento da previsão orçamentária, estabelecimento do rateio das despesas e continua com a emissão dos títulos e/ou boletos bancários, controle dos recebimentos das cotas condominiais, incluindo a conferência das baixas relacionadas pelo instituição financeira indicada pelo condomínio. (Ciclo da ação “contas a receber”).
O fluxograma inclui ainda as ações do contas a pagar como: controle dos vencimentos dos débitos ordinários (água, energia, remuneração dos funcionários e honorários de prestadores de serviços), e forma rigorosa, a conciliação bancária das contas ativas do condomínio.
 
A área é complexa, incluindo também a gestão tributária, que consiste no cálculo para aplicação das alíquotas, retenção e recolhimento do PIS, COFINS, CSLL, ISS, INSS e IRF.
 
A cobrança administrativa e/ou judicial compõe o fluxo, na medida em que eventos dessa natureza demandem ações da administradora e assessoria jurídica, sempre com a finalidade de propor a melhor solução para as partes (condomínio e condôminos).
 
 
O fluxograma se fecha (e inicia a cada novo mês) com a elaboração de balancetes, disponibilizados em meio físico, ambiente virtual e de forma resumida, no próprio boleto de cobrança mensal, assegurando condições de acompanhamento por parte do próprio síndico, concelhos fiscal e condôminos me geral.
 
A prestação de contas mensais – contas ordinária, fundo de reserva, fundo de obras, fundo de custeio do 13º salário, etc., resulta na elaboração de demonstrativos de pagamentos de despesas e recebimentos das cotas mensais ordinárias, cota atualizadas por inadimplentes, valores oriundos de aplicações financeiras,  de forma a compor o balancete geral contendo a todos os registros da situação financeira do mês.
 
O fluxograma da gestão financeira do condomínio compreende ações em linha e totalmente coordenadas, entre o Setor de Cobrança, Financeiro e Contabilidade.
 
A elaboração de balancetes anuais para apresentação na Assembleia Geral Ordinária ou quando da mudança do grupo gestor (eleição de novo síndico, subsíndico e conselho fiscal) é assumida pelo setor contábil, concentrando todas as informações do fluxograma de cobranças / pagamentos e controle das entradas e saídas).
 
 Qual a importância desse serviço para o condomínio? 
 A importância de uma gestão completa e profissional é vital para a confiabilidade no grupo gestor e na própria administradora.  A transparência deve ser assegurada com o lançamento preciso das informações e avaliação rigoroso pelos conselheiros fiscais.
Uma administração profissionalizada gera economia e garante a organização financeira do condomínio, evitando-se sobressaltos, cotas extras ou contração de débitos.
Todo e qualquer condômino pode acompanhar a gestão financeira do seu condomínio. Verifique seu boleto mensal, acesse à área do seu condomínio na internet (site da administradora) ou mesmo em aplicativos, hoje em dia disponibilizados pelos condomínios e administradora.
 
 

Comentários

Deixe um comentário

Informação: não é permitido conteúdo HTML!
* Campos obrigatórios